Piracicaba


Piracicaba


Instituição – Pastoral da Criança

Informações sobre convites e menu:

Av. Luciano Guidotti, 166
Fones: (19) 2106-7560 | (19) 3042-5979

Lanches Rápidos e Porções


Cuscuz de Frango
potinho 300 ml

Crepe
vários sabores

Pastel
carne, frango, queijo, pizza e banana com canela

Milho na espiga

Milho no prato


Sobremesa


Pão de "Mélho"

Brigadeiro de Milho

Bolo de Milho

Curau

Pamonha


Bebidas


Suco de Milho

Cerveja

Refrigerante

Água




Piracicaba


Instituição – Pastoral da Criança

Em 1982, o então Cardeal de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns encontrou o diretor executivo da UNICEF da época, Mr. James Grant em uma reunião na Suíça sobre a paz mundial, promovida pela ONU. Mr. Grant sugeriu ao Cardeal uma ação da Igreja Católica brasileira para reduzir a mortalidade infantil. No ano seguinte, a CNBB confiava a tarefa da criação e desenvolvimento da Pastoral da Criança à médica sanitarista Zilda Arns Neumann e a Dom Geraldo Majella Agnelo, então arcebispo de Londrina (PR).

Os trabalhos tiveram início em setembro de 1983, no município de Florestópolis, no estado do Paraná. Este município foi eleito por apresentar uma alta taxa de mortalidade infantil (127 crianças para cada 1.000 nascidas). Após um ano de atividades, a mortalidade infantil foi reduzida para 28 crianças para cada 1.000 nascidas. A Pastoral da Criança é um organismo de Ação Social da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), de atuação ecumênica, ou seja, aberto às pessoas de todas as religiões. A comunidade e a família são a base de todo o trabalho. A dinâmica consiste em capacitar líderes que moram na própria comunidade para acompanhar gestantes e crianças de 0 a 6 anos.

Como forma de dar suporte e capacitar as famílias e comunidades, desenvolve ainda projetos complementares: Alimentação Enriquecida e Hortas Caseiras, Articulador de Saúde. O trabalho se desenvolve nas comunidades das paróquias pertencentes a toda Diocese, tanto no meio urbano quanto no meio rural.

Na Diocese de Piracicaba, a Pastoral da Criança foi implantada pelo bispo Dom Eduardo Koaik, em 1987. Nasceu pequenina, na Paróquia São Francisco Xavier, para atender os bairros Jardim Glória e Jardim das Flores. Foi se ampliando e chegando em outras paróquias da Diocese.

Atualmente são 619 líderes voluntárias capacitadas, atendendo 5.573 famílias, 6.307 crianças de 0 a 6 anos e 226 gestantes, atuando em 158 comunidades, visitando mensalmente as famílias acompanhadas, com orientações simples de ações básicas de saúde, nutrição, educação e cidadania, e também fazendo o dia da celebração da vida, quando pesam a criança, celebram a vida e orientam as mães.

Para essas ações acontecerem, capacitam líder voluntários, com 55 horas de treinamento nas próprias comunidades onde moram. Também recebem todos os materiais necessários para acompanhar as famílias. Hoje ela está presente em 51 paróquias. São mais de 1.000 voluntários entre líderes e apoio a serviço da vida. Tudo isso é fruto do trabalho abnegado das pessoas que integram a equipe de coordenação diocesana, dos líderes comunitários, coordenadores comunitários, coordenadores paroquiais, coordenadores regionais e capacitadores.