Índia


Índia


Instituição – Sociedade Apoio à Vida Dr. Nelson Meirelles (CVV)

Informações sobre convites e menu:

Rua Ipiranga, 806 - Centro
Fones: (19) 3422-4111

Prato Quentes


Samosa – vegan
Salgado típico indiano recheado com batata, couve-flor, ervilha, temperado com cominho, curry, gengibre, coentro, mostarda, pimenta

Coxinha shimeji – vegan
coxinha de batata recheada com shimeji

Coxinha jaca – vegan
coxinha de batata recheada com jaca

Quibe de abóbora - vegan
abóbora, trigo para quibe e temperos

Quiche alho-poró
Salgado recheado com alho poro e temperos

Quiche zuchini
Salgado recheado com requeijão, abobrinha e temperos

Torta palmito
Salgado recheado com Palmito, molho tomate e temperos


Sobremesa


Brigadeiro tâmara – vegan sem gluten
tâmara, cacau em pó, creme de soja


Lanches Rápidos e Porções


Lanche vegetariano
Hambúrguer de PTS (Proteina Texturizada de Soja) com queijo mussarela, maionese vegana, alface, tomate

Lanche vegano
Hambúrguer de PTS (Proteina Texturizada de Soja), queijo mussarela vegana, maionese vegana, alface, tomate

Chai
leite, chá preto, gengibre, cardamomo, canela, cravo e açúcar

Chá maracujá com gengibre, cravo e canela

Chá hibisco com anis estrelado

Lassi
iogurte, geleia, água, cardamomo, açúcar


Bebidas


Cerveja

Refrigerante

Água




Índia


Instituição – Sociedade Apoio à Vida Dr. Nelson Meirelles (CVV)

O CVV (Centro de Valorização da Vida) é uma das ONGs mais antigas em atividade no país, com 54 anos de trabalho voluntário ininterrupto, sem fins lucrativos, políticos ou religiosos. No Brasil possui 72 postos, com mais de 2.200 voluntários, recebendo 1 milhão de ligações por ano por meio de atendimento 24 horas. Sobrevive de doações dos próprios voluntários e com a realização de eventos.

Há 34 anos o CVV de Piracicaba atua na prevenção do suicídio e apoio emocional de forma sigilosa e gratuita. Recebe em média 13 ligações por dia e, aproximadamente, 400 ao mês. Conta com 25 voluntários.

O trabalho do CVV consiste na valorização da vida, onde o desabafo é como uma vacina que alivia as tensões. O voluntário não julga nem aconselha ou critica, mas aceita, compreende e, sobretudo, respeita os sentimentos alheios.

O suicídio é considerado um tabu e problema de saúde pública. No país é a 3ª causa de morte, com 1 brasileiro vindo a óbito a cada 45 minutos. Conforme dados da OMS (Organização Mundial de Saúde), 90% dos suicídios podem ser prevenidos, desde que as pessoas tenham ajuda profissional ou voluntária.

O atendimento à população é feito exclusivamente por voluntários que passam por um processo de seleção e treinamento contínuo. Aprende a conversar de forma a não julgar as emoções e intenções das pessoas, mas colocar-se à disposição para ajudá-las. Para ser voluntário do CVV é preciso ter no mínimo 18 anos, disponibilidade interna de doação de calor humano e 4 horas semanais para atendimento.

Por meio de um convênio entre o Ministério da Saúde, Anatel e o CVV, em setembro/2015 entrou em operação a primeira linha telefônica de prevenção do suicídio sem custo no país, o número 188 (considerado de Urgência e Emergência). O projeto-piloto teve início no estado do Rio Grande do Sul e, posteriormente, será estendido para todo o País.

O CVV Piracicaba atende diariamente das 11h às 23h, pelo telefone 3422–4111 ou pessoalmente, das 11h às 19h, na rua Ipiranga, 806. Mais informações pelo e-mail: piracicaba@cvv.org.br ou pelo site www.cvv.org.br, também com atendimento pelo Skype.