Coréia do Sul


Coréia do Sul


Instituição - Centro Regional de Registros e Atenção aos Maus Tratos na Infância (CRAMI)

Informações sobre convites e menu:

Rua Floriano Peixoto – 1063 – Centro
Fones: (19) 3433-3527 | (19) 3302-6797 | (19) 981966114 | (19) 981217898

Pratos Quentes


Burgogui Noodle
Carne bovina marinada ao molho especial servido com macarrão de batata doce

Buchingue
Panqueca coreana à base de farinha de trigo e legumes

Frango frito
Pedaços de sobrecoxa desossada; marinada em tempero especial e empanadas na farinha de trigo e polvilho doce

Samguiopsar Sam Salada
(Salada de Panceta com Risoto de Kimchi)

Mandu
(Kimchi Mandu/ Gogui mandu)


Sobremesa


Sorvetes coreanos

Pepero
(palitinhos de chocolate)


Lanches Rápidos e Porções


Buchingue
Panqueca Coreana

Frango Frito
Copo Personalizado

Mandu
(Kimchi Mandu/ Gogui mandu)

Samguiopsar Sam Salada
(Salada de Panceta com Risoto de Kimchi)


Bebidas


Suco Coreano

Soju

Refrigerante

Batida com soju

Cerveja

Chope

Energético

Água Mineral




Coréia do Sul


Instituição – Centro Regional de Registros e Atenção aos Maus Tratos na Infância (CRAMI)

O Centro Regional de Registros e Atenção aos Maus Tratos na Infância de Piracicaba, também designado pela sigla CRAMI, foi fundado em 30 de outubro de 1986 como uma associação civil de direito privado, sem fins econômicos. Tem como finalidade executar ações de prevenção, programas, projetos ou serviços de proteção social especial, dirigidos às crianças e adolescentes em situações de vulnerabilidade, de riscos pessoais ou sociais, ou que se encontrem sob medida de proteção legal ou judicial, bem como aos seus responsáveis visando prevenção, proteção, tratamento, reabilitação e defesa dos interesses e direitos estabelecidos na Constituição Federal do.

No desenvolvimento de suas atividades, o CRAMI promove o bem de todos, não fazendo distinção de raça, religião, etnia, sexo, posição social, e opção partidária e quaisquer outras formas de discriminação prestando serviços gratuitos. Tem como missão contribuir para que crianças e adolescentes tenham seus direitos garantidos, e que a educação dos pais e ou responsáveis sejam pautados no diálogo e não na violência.

Oferta serviço de prevenção da violência contra crianças e adolescentes, na modalidade de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, abrangendo todo o Município de Piracicaba e os projetos Acompanhamento Psicológico às Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência Sexual e o Projeto Semear.

Os serviços e projetos realizados pelo Crami são:

Prevenção da Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes: voltado a pais ou responsáveis e Crianças e Adolescentes. É realizado com grupos com pais ou responsáveis; grupos com crianças e adolescentes, por meio de oficinas temáticas com pais, crianças e adolescentes e encaminhamentos à rede intersetorial de serviços.

Meta: 150 crianças e adolescentes.

Projeto de Acompanhamento Psicológico às Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência Sexual: voltado para crianças e adolescentes vítimas de violência sexual. Envolve entrevistas com pais ou responsáveis; atendimento psicológico individual; psicoterapia grupal; entrevista devolutiva aos pais ou responsáveis.

Meta: 50 Crianças e adolescentes, mas estamos atendendo 54.

Projeto Semear: voltado a crianças e adolescentes evadidos da escola e com frequência irregular, bem como suas famílias. Envolve entrevista individual com o responsável e com a criança e adolescente; visita domiciliar e visita na Unidade Escolar, atendimento individualizado e grupal às crianças e adolescentes e responsáveis; contato com a rede intersetorial de atendimento à criança e adolescentes; encaminhamentos externos.

Meta: 35 crianças/adolescentes.

Os recursos para a realização dos trabalhos do Crami provêm de sócios contribuintes, telemarketing, eventos, FUMDECA e Nota Fiscal Paulista.