34ª Festa das Nações de Piracicaba: um cardápio com boa comida, diversão e muita solidariedade

image015
Novo Site
25 de abril de 2017
Auma abre as portas de seu Restaurante África na 34ª Festa das Nações
28 de abril de 2017
Rainhas de cada país foram apresentadas na cerimônia de ontem (Foto: Adílson Silva)

Rainhas de cada país foram apresentadas na cerimônia de ontem (Foto: Adílson Silva)

Rainhas de cada país foram apresentadas na cerimônia de ontem (Foto: Adílson Silva)

Rainhas de cada país foram apresentadas na cerimônia de ontem (Foto: Adílson Silva)

O Teatro Erotides de Campos recebeu ontem (25) a cerimônia de lançamento oficial da 34ª edição da Festa das Nações de Piracicaba. Marcada para os próximos dias 17 a 21 de maio, no Engenho Central, o evento é considerado uma das maiores festas beneficentes do Estado. Um público de mais de 90 mil pessoas é esperado no Engenho Central durante os cinco dias do evento, que reúne solidariedade, entretenimento e gastronomia presente nos 18 restaurantes da festa, com centenas de opções, numa grande estrutura que envolve mais de sete mil voluntários.

A cerimônia contou com o lançamento da logomarca oficial da Festa, que reúne elementos de todas as nações participantes, simbolizando a união e a paz. Bailarinos da Cenda (Companhia Estável de Dança de Piracicaba), abriram a apresentação das bandeiras e das rainhas com a apresentação “Forrozeando”, levando o público a participar da dança ao final da apresentação. Posteriormente, integrantes do Grupo de Atiradores do Tiro de Guerra de Piracicaba fizeram a entrada das bandeiras de cada país e o acompanhamento de cada rainha.

Participam da 34ª Festa das Nações as seguintes entidades: Auma (Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Piracicaba) – África; Lions Clube de Piracicaba – Alemanha; Grupo Escoteiro São Mario – Brasil Norte; Apaspi (Associação de Pais e Amigos de Surdos de Piracicaba – Brasil Nordeste; Espaço Pipa – Brasil Sul; Escola de Mães “Profª Branca Motta de Toledo Sachs” – Café das Nações; Crami (Centro Regional de Registros e Atenção aos Maus-tratos na Infância) – Coreia do Sul; Creche Marshlea Dawsey – Espanha; Associação Atlética Educando pelo Esporte – Estados Unidos; Centro de Reabilitação de Piracicaba – Holanda; CVV (Centro de Valorização da Vida) – Índia; Sociedade Amigos de Vila Rezende – Itália; União Espírita de Piracicaba – México; Funjape (Fundação Jaime Pereira de Prevenção e Diagnóstico Precoce do Câncer) – Nova Zelândia; Cesac (Centro Social de Assistência e Cultura da Paróquia São José) Países Árabes; Pastoral da Criança – Piracicaba; Seame (Serviço de Apoio ao Adolescente com Medida Sócio-educativa) – Portugal; Instituto Formar de Aprendizagem Profissional – Reino Unido; Casa do Bom Menino – Estacionamento; Pasca – Bilheteria e Turma do Papai Noel – Sistema de Acesso.

Uma viagem pela gastronomia nacional e internacional, no Engenho Central

Com 18 restaurantes, administrados por 21 entidades assistenciais de Piracicaba, o público poderá fazer uma verdadeira “viagem gastronômica” pelos espaços montados no Engenho Central, que representam 14 nações – África, Alemanha, Brasil Norte, Brasil Nordeste, Brasil Sul, Coreia do Sul, Espanha, Estados Unidos, Holanda, Índia (inédita em 2017), Itália, México, Nova Zelândia, Países Árabes, Café das Nações, Piracicaba, Portugal e Reino Unido.

Somados, os cardápios reúnem cerca de 300 opções de pratos, que vão desde o bobó de camarão (Restaurante Brasil Nordeste), passando pela tradicional receita à base de joelho de porco Eisben (Restaurante Alemão) até opções veganas e inusitadas como a coxinha de jaca ou a torta de grão-de-bico com tomate (Restaurante Índia). 

Cerca de sete mil voluntários estão envolvidos na organização da Festa, que também sorteará, pelo sétimo ano consecutivo, um Hyundai HB 20 zero quilômetro entre os participantes da rifa, ao custo de R$ 10 com renda revertida às entidades. Os ingressos para o evento custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Na quarta-feira (17) e quinta-feira (18) todos pagam meia entrada.

Atrações musicais

Uma variada programação musical e artística com 32 atrações estará presente nos cinco dias de Festa. São apresentações de grupos de dança contemporânea, ballet, flamenca e regionais, duplas sertanejas, músicos de viola caipira e bandas de rock, pop e blues, que se apresentarão no palco montado no grande pátio do Engenho Central e em outros pontos da festa.

Profissionalização para garantir bons serviços

De acordo com o vice-prefeito e secretário de Governo e Desenvolvimento Econômico de Piracicaba, José Antônio de Godoy, “a Festa das Nações tem tido uma evolução significativa, em especial, desde o ano de 2009. Uma das principais mudanças nesse sentido é a de oferecer, a cada edição, cada vez mais conforto, comodidade e qualidade nos serviços ao público, como segurança, acessibilidade, cardápios bem elaborados, de muita qualidade. Para isso foi necessário adotarmos um processo de profissionalização em toda cadeia de produção da Festa”, disse ele.

Segundo Godoy, a viabilização da Festa via Lei Rouanet é um componente importante dessa mudança de gestão. “Esta 34ª edição é a primeira etapa desse processo de profissionalização e melhoria. Com a Lei Rouanet efetivada a partir deste ano, temos a possibilidade de contarmos com um maior número de patrocinadores, mais serviços, um maior número de grupos e atrações musicais e folclóricas, e no lançamento do evento de ontem (25), tivemos uma boa amostra do que será a Festa das Nações 2017”, completou.

A primeira-dama e presidente do Fussp (Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba), Sandra Regina Bonsi Negri, destacou o trabalho desenvolvido pelas entidades e a força do voluntariado nas ações da festa. “Queria agradecer primeiramente aos pais de todas as rainhas da Festa. Agradeço também a todos os patrocinadores, servidores de todas as secretarias da prefeitura e em especial às entidades assistenciais, que fazem um trabalho essencial à nossa cidade. Elas são instituições que precisam muito do apoio da prefeitura, porém, como diz meu marido, Piracicaba precisa muito mais delas, que com seus profissionais, sua atenção, desenvolvem ações fundamentais em diferentes áreas”, disse ela. “Não foi fácil o começo de meu trabalho junto à Festa das Nações. Aprendi muito no decorrer destes anos, vi o trabalho que um evento deste tamanho dá e, ao mesmo tempo, pude conhecer esse envolvimento único entre voluntários a serviço da solidariedade, pontuou.

Canais de divulgação

Toda a programação da Festa, com cobertura diária de notícias e informações poderá ser conferida no site www.festadasnacoespiracicaba.com.br e na página oficial do evento no Facebook: facebook.com/festadasnacoesdepiracicaba. O público poderá ter informações sobre os valores dos ingressos, a programação de atrações musicais de cada dia e os cardápios dos restaurantes participantes.

Realizada pela Fenapi (Associação Cultural Festa das Nações de Piracicaba) e Casa do Bom Menino, o evento é viabilizado com recursos da Lei Rouanet, do Ministério da Cultura, e conta com promoção da Prefeitura de Piracicaba e Fussp (Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba) e organização da Secretaria de Governo. Conta com patrocínios Prata da Brahma, Caterpillar e Hyundai, Bronze da Ambiental Piracicaba, Arcelor Mittal, Caixa Econômica Federal, CJ do Brasil, Gás Express, Oji Papeis Especiais, Raízen e Unimed e apoios da Águas do Mirante, Delphi, Elring Klinger, Gabardo Transportes, Grupo Pirasa e Sicredi União PR/SP.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *